ORIN:cantigas



A música em forma de cânticos, toques e rezas é de vital importância para a formação de axé enquanto sociedade (egbe). Ela fala da ligação entre deuses e homens do panteão africano, é o agente ativo da magia, e transmite a sabedoria dos anciões, que são os guardiões da memória coletiva. Essa junção é responsável pelo principio ativo de conservação ou ruptura da harmonia dos homens e o mundo que o cerca. A Música é o fio que une homens e Deuses no mesmo espaço. 




Os Deuses e seus toques específicos:



Adaró(ilú) é o balé de Iansãn através dos ventos



Alujá é a marcha majestosa de guerra e imponente do Deus do Trovão



Indjalá é o toque de guerra referente ao orixá Ogun




Aguere é  a marcha a cavalo do grande caçador Oxossi



Opanijé é o toque majestoso do senhor da Terra...



Ibi é a procissão lenta porém firme do senhor do pano branco



Ijexá é o balé gracioso da Deusa do Amor em forma de água


Paó princípio ativo da musicalidade no candomblé



Avamunha abertura e fechamento musical das funções no terreiro

Um comentário:

ILE ÀSÉ ALA KORO WO disse...

BELISSIMO TRABALHO E DE PROFUNDA RIQUEZA - AXÉ.